Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos



SER AVÓ...

Guida Linhares

Realmente meu amigo. Você está certo!
Mas ser avó é tudo isso e mais....
Ver renascer naquele ser
toda a alegria passada na infância dos filhos.

Ver a continuidade da geração,
com olhos no futuro.
Ajudar no que for possível,
para que se amenizem
as novas situações,
geradas em família.

Há tantos vôs e vós que também não querem ter trabalho!
E assim deixam de usufruir de prazerosos momentos ao lado dos netos.
Os estudos psicológicos dizem que os mais novos podem ser a força dos mais velhos, desde que estes os aceitem,
e de mãos dadas, passem horas juntos, caminhem felizes.

Se o mais velho tem a sabedoria e experiência, o mais novo tem a audácia e a coragem de ser e ousar.
No equilíbrio da balança, em generosas pitadas de amor, os dois se completam.

E quando o mais velho, brincar de roda ou tentar pular corda,
o mais novo há de se encantar, com o seu grande amigão ou amiguinha.
E ambos sentir-se-ão felizes e realizados.

Na roda da vida, a nossa eterna criança reviverá
através desse harmonioso encontro.

Santos/SP - 19/07/07

***

Respondendo ao querido amigo poeta santista Marcial Salaverry

COMO SER AVÔ
Marcial Salaverry

Ser Avô... Biologicamente é fácil ser avô, pois basta ter tido um filho, ou uma filha, e este também ter feito sua parte, e pronto... Já se está capacitado a ser avô (ou avó)...

Ser Avô, é curtir os nove meses de gestação da filha (ou nora), e pronto, já é avô.

Ser Avô, é dar a ajuda material que a família necessita para que nada lhe falte durante esse período tão lindo e importante da vida.

Ser Avô, é procurar atender aos caprichos de seus netos, atendendo-os em seus mínimos desejos, para que eles vejam que beleza de avô que você é, bem diferente daquele chato daquele pai, daquela mãe, que só pensam em educação e castigos, esquecendo os mimos, que só os avós são capazes de fazer, bastando enche-los de dengos e carinho,

Ser Avô, é pensar apenas nas brincadeiras, e nos presentes, sem se preocupar com a educação dos netos, pois, afinal eles têm a mãe e o pai para isso. Eles que os eduquem, aos avós compete apenas mimar e curtir essas gracinhas de netos..

Ser Avô, é descobrir que seu neto faz um monte de coisas erradas, é mal criado com os pais, e sempre corre pro colo do “vovô querido” para consolar e defender de uma bronca paterna, e procurar entender tudo, e passar a mão em sua cabeça, dizendo que são coisas da vida...

Bem, infelizmente tem muita gente que pensa realmente assim, e que realmente assim age. E depois não entende porque aquela criança tão doce, virou um adolescente rebelde e que está sempre exigindo que o avô lhe dê tudo, e se pergunta chateado, o que foi que aconteceu, e sempre culpando os pais que não souberam educa-lo, esquecendo-se dos mimos com que sempre o prodigalizou, defendendo-o dos pais, ao invés de os ajudar na educação, como realmente lhe competia fazer.

Na realidade, Ser Avô não é apenas isso, ou melhor, não é nada disso. Ajudar na criação dos netos, é uma coisa, estraga-los com mimos e superprotege-los é outra, muito diferente, e que não deve acontrecer.

Dar aquele apoio, e aproveitar que tem mais tempo, além de vivencia para orientar, educar, e até mesmo castigar os netos quando necessário for, é a real função dos avôs.

Enfim, crianças, ser Avô, é barra pesada. Saibam sê-lo. Vale a pena quando, no futuro, puder olhar para eles e ver que colaborou para que sejam pessoas de bem...

Se pessoas de sucesso, ricas ou famosas, são circunstâncias. Basta saber que soubemos formar pessoas íntegras, honestas, e que não desejam o mal a ninguém. Enfim, o maior orgulho que um Avô pode sentir, é saber que soube fazer sua parte, que soube dar um lar decente aos filhos, e que conseguiu assim, mostrar para eles como educar seus filhos, e eles o fizeram, e os netos também são pessoas dignas. E que, graças aos ensinamentos que com sua experiência transmitiu, mais tarde, também poderão saber o que é ser pai, e o que é ser avô.

Quer mais do que isso? É realmente uma benção de Deus chegar à avozidade e ainda poder dar seu quinhão de colaboração para a formação de seus netos. De ver que da mesma maneira que conseguiu formar seus filhos, ajudou para que eles formassem os netos, e, se possível, os bisnetos também. Garanto que é muito gratificante, e faz muito bem para alma.

A todos os Avôs, (e bisavôs), entre os quais me incluo, UM LINDO DIA, e com muita paz no coração...

***

Com muita alegria, acompanhada no nosso amigo poeta recantista
Juan Martín > http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=4863

ABUELITOS
Juan Martín

Tuve un lindo sueño;
estaba en casa con mis problemas
y mis preocupaciones de adulto.
Entonces vi a mi abuelito
que tanto se desvivió por mi,
junto con mi abuelita,
cuando yo era apenas un niño
¡y necesitado de tantas cosas!,
¡de tantos afectos!
Yo tenía que ir a resolver no sé que asuntos,
y mi abuelito estaba solo,
entonces le dije:
abuelito vamos juntos,
juntos como cuando de niño
me llevabas a todas partes,
me enseñabas el mundo,
el mundo más entrañable que nunca tuve
porque lo veía a tu lado,
porque la abuelita nos esperaba
a ambos cuando llegábamos a casa
con la comida preparada.

Madrid-Espanha - 21/09/07

***
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 19/09/2007
Alterado em 19/07/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras